Regulamento 2018

CAMPEONATO AKARS – Amigos do Kart Amador do RS – 2018

  1. Da organização:

O CAMPEONATO promovido pela AKARS para o ano de 2018 será organizado em parceria com o Velopark Kartódromo, e será realizado nas pistas do kartódromo do Velopark em Nova Santa Rita – RS, com os karts da categoria indoor das marcas Metal Moro e TechSpeed destinados à locação especial para grupos organizados.

  1. Dos Participantes:

Poderão participar do campeonato todos os que estiverem regularmente inscritos e atenderem as regras estabelecidas pelo kartódromo do Velopark para utilização dos karts de locação.

  1. Número de Inscritos

Para regular funcionamento do campeonato 2018, fica estabelecido o limite mínimo de inscrições em 25 pilotos. Havendo demanda maior que o estabelecido, as novas inscrições estarão condicionadas ao fechamento de um segundo grupo com mais 25 pilotos.

Todos os inscritos nas fases de cadastro, preparação das categorias, equalização de pesos e ou pesos/idade e mais as variações entre elas, estarão numa única categoria denominada Mista.

Atingido o número máximo de inscritos, 50 pilotos, esses serão divididos por categoria por peso ou peso/idade.

Serão necessários 22 pilotos regularmente inscritos para a realização e efetivação de cada categoria, denominadas “Leves” e “Pesados”. Caso não tenhamos 44 inscrições, as categorias se fundirão e haverá apenas uma, denominada Mista.

Na categoria “Leves”, serão admitidos pilotos com até 85 kg de peso com equipamentos; Na categoria “Pesados”, serão admitidos pilotos acima de 85 kg de peso com equipamentos. Entretanto, o peso alvo desta categoria será 105 kg de peso com equipamentos.

Para equalização dos pilotos em cada categoria, mesmo na Mista, será adicionado lastro, fornecidos pelo Velopark, se assim necessário, até o limite de 20 kg de peso. Essa carga extra de barras de chumbo são de até 5 kg cada.

Haverá tolerância de 2kg para menos. Permitindo ao piloto da categoria na qual pertença que se seu peso ou peso mais lastro estiver inferior até 2kg para a categoria, este será desobrigado de levar o peso extra.

  1. Das Inscrições:

As inscrições abrirão em 01 de dezembro de 2017 e a data limite será em 31 de janeiro de 2018. Limitadas a 50 (cinquenta) inscrições. As novas entradas de inscritos serão condicionadas a desistência ou atingir número igual ou maior do que 20 postulantes.

  1. Das provas:

O Campeonato AKARS 2018 acontecerá nas datas estipuladas abaixo, com qualquer condição climática, que poderá interferir na frota a ser disponibilizada ao grupo ou cancelada pelo Velopark por motivos de força maior. As provas serão denominadas como Regulares, Extraordinárias e TechSpeed.

As datas das provas não sofrerão modificações ou substituições. Sendo a data cancelada, a Etapa será cancelada.

Os traçados definidos na programação do calendário 2018 estão previstos para condições climáticas favoráveis a prática do esporte. Contudo, poderão sofrer modificações pontuais, inclusive sobre a frota. Os critérios serão de responsabilidade do Velopark, que neste caso priorizará a segurança dos pilotos.

Regulares – Acontecerão sempre nas quintas-feiras e nos traçados da VP1000 e VP1500, podendo, conforme o calendário ou situação climática serem modificados. O tempo de cada prova nesta condição terá duração de 25 minutos, exceto a primeira que terá 5 minutos para tomada de tempo e 20 de prova.

Extraordinárias — Acontecerão sempre aos sábados e com a junção dos traçados da VP1000 e VP1500, conforme o calendário, serão três provas, duas denominadas VP2000 e uma VP2500. A duração destas provas será de 60 minutos, sendo 10 minutos para tomada de tempo e 50 minutos de prova.

Se o campeonato deu início com número igual ou inferior a 25 inscritos, serão admitidos convidados para integralizar 40 (quarenta) ou mais pilotos, que é o mínimo exigido pelo Velopark, e estes largarão em fila paralela aos demais, independente do peso de cada um.

Se o campeonato iniciou com duas categorias, estas largarão em fila indiana, separadas por categoria e na mesma pista. Havendo vagas para convidados, será oportunizada a participação e estes serão enquadrados conforme o peso de cada categoria, respeitando o limite do Velopark para o número mínimo e máximo de inscritos.

TechSpeed — Acontecerão sempre aos sábados e sempre na pista VP1500, conforme o calendário. Serão quatro provas, duas no traçado curto e duas no traçado completo. Por segurança, com essa frota não será aberta a curva do posto. A duração destas provas será por número de voltas. Sendo duas voltas rápidas para tomada de tempo e formação do grid e as demais conforme o limite estabelecido pelo traçado.

  1. Da pontuação e descartes:

Conforme a posição de chegada do piloto já aplicada a penalização, se houver, será concedida a seguinte pontuação:

Posição Pontuação Posição Pontuação Posição Pontuação

30

12

17°

5

26

10°

10

18°

5

23

11°

9

19°

5

21

12°

8

20°

5

20

13°

7

21°

5

18

14°

6

22°

5

16

15°

5

23°

5

14

16°

5

24° ao último

5

Nas provas 3, 5, 9 e 11 a pontuação será simples;

Nas provas 4, 8 e 14 a pontuação será em dobro;

Na prova 1, 6 e 13 a pontuação será 50% maior conforme a tabela;

Nas provas 2, 7, 10 e 12 a pontuação será em dobro se utilizada a frota TechSpeed. Em caso de utilizada outra frota em qualquer etapa, nesta a pontuação será simples.

Ausências nas provas não serão consideradas válidas para auferir o benefício do descarte de pior resultado. Somente será admitido o descarte em prova realizada.

A frequência nas provas serão contempladas com 1 ponto em cada etapa. Esses pontos serão acrescidos de mais um ponto a cada presença na prova. A não participação na prova interrompe o acréscimo.

Exemplo:

1)Piloto participou das 3 primeiras provas, seu bônus será de 6 pontos. (1prova1+2prova2+3prova3).

2)Piloto participou da primeira, terceira e quarta provas. Faltou na segunda, seu bônus estará em 4 pontos. (1prova1+0prova2+1prova3+2prova4).

O máximo de bonificação concedida ao piloto com 100% de frequência será de 28 pontos. (1+2+3+4+5+6+7)

As provas Extraordinárias e TechSpeed não participarão dos critérios para descartes e das bonificações.

  1. Das Categorias:

As categorias serão divididas em “Leves” e “Pesados”, e definidas por peso, medido sempre com os equipamentos.

p = Peso; i = Idade; y = Idade Média; > = maior que; < = menor que

Leves” : Peso máximo de 85 kg. e/ou [ i < y ] e/ou [i+5 < y]

Pesados”: Peso acima de 85 kg. e/ou [ i > y ] e/ou [i+5 > y]

Serão levados em consideração apenas as casas decimais da balança. Ex.: 84,900 kg = 84 kg

90,100 kg = 90 kg

  1. Dos Lastros:

  1. Para que os pilotos atinjam o peso mínimo estabelecido para a categoria será disponibilizado pelo kartódromo chumbos em barras de até 5 kg, sendo no máximo 20 kg, que obrigatoriamente deverá ser alocado sob o eixo traseiro na frota Metal Moro e na lateral dos TechSpeed.

  1. Não será obrigatório o uso de lastro próprio. Caso o piloto opte por usar lastros próprios, estes deverão ser fixados no corpo. Não será permitido prender ou fixar qualquer tipo de lastro próprio nas estruturas do kart, apenas no corpo do piloto, se assim ele desejar. Não serão aceitas fixações ou situações que possam colocar em risco a integridade física dos pilotos.

  1. Todos os pilotos serão pesados aleatoriamente durante o campeonato e obrigatoriamente nas provas extraordinárias e das TechSpeed.

  1. A responsabilidade pela retirada do lastro será inteiramente do piloto.

  1. Dos equipamentos de segurança obrigatórios:

Será exigida a utilização dos seguintes itens de segurança e proteção:

Macacão; Balaclava; Capacete; Luvas; Calçado fechado (Sapatilha/tênis); Protetor de costela; Colar cervical.

Qualquer outro tipo de equipamento que o piloto julgue necessário, como joelheiras, espuma de proteção ou capas de banco, poderão ser utilizados com a anuência do Velopark.

Excetuando o calçado, todo o equipamento obrigatório pode ser emprestado pelo kartódromo caso o participante não tenha equipamento próprio.

  1. Do sorteio e posição nos boxes:

Após ou durante o briefing, em cada etapa, será feito o sorteio das posições de cada piloto por bateria para tomar assento no kart. Nos sorteios constarão os números da posição dos karts estacionados nos boxes, sendo o de número “1” o primeiro kart, “2” o segundo e assim sucessivamente.

  1. Da largada:

A largada será como determinar a administração do Velopark, preferencialmente lado a lado, desde que não ocorram incidentes ou acidentes durante as etapas anteriores.

Sempre haverá tomada de tempo para formação do Grid de largada para as provas Extraordinárias e TechSpeed. São as etapas 2, 4, 7, 8, 10, 12 e 14. Total de sete etapas.

A tomada de tempo para formação do Grid das provas Regulares só ocorrerá na primeira etapa.

Nas provas regulares seguintes, seis, a posição de largada será invertida para os 10 primeiros colocados da entapa anterior. Os demais pilotos largarão conforme a posição de chegada da etapa anterior.

Exemplo:

Piloto vencedor da etapa 1, largará em 10º na etapa 3.

Piloto chegou em 7º na etapa 1, largará em P4 na etapa 3.

Piloto chegou na P11 na etapa 1, largará em P11 na etapa 3.

Piloto faltou na etapa 3, largará em último na etapa 5.

E assim sucessivamente somente nas provas regulares.

  1. Das considerações gerais:

Os itens abaixo expressam considerações gerais que compõe este regulamento nas suas variadas situações.

Qualquer entrada no box deverá ser anunciada com o braço levantado na entrada da reta principal, sinalizando a sua intenção.

Todo o kart deverá entrar no box por meios próprios.

Não será permitido durante a prova o ingresso de pessoas não autorizadas à pista.

Será permitido o uso de qualquer equipamento gravador de imagens no capacete, mas não será permitido os fixados no kart. Com anuência do Velopark.

Em caso de quebra de kart na pista o piloto deverá estacionar o kart na grama e o mais afastado do asfalto e abandonar a prova ou buscar nos boxes um novo kart e promover o ajuste dos lastros conforme estava o sinistrado. A conferência do lastro será feita pelos fiscais no final de cada etapa.

Em caso de paralisação por bandeira vermelha o tempo não será reposto. Salvo se não for esse e entendimento da administração do Velopark.

Qualquer relargada será feita com o posicionamento de uma volta anterior à volta da bandeira vermelha, de acordo com os registros da cronometragem. Neste caso, será parada e em fila indiana.

Em caso de bandeira vermelha o box estará automaticamente fechado para entrada e saída de karts.

Qualquer manutenção nos karts somente poderá ser feita pelos mecânicos do Velopark na área de box.

  1. Dos Karts:

Os karts utilizados nas provas são de propriedade do kartódromo, e apenas a ele cabe a manutenção dos mesmos.

Poderão ocorrer casos de quebra e/ou disparidade de tempos no desempenho dos karts e quanto a isso não serão aceitas reclamações.

Os karts que sofrerem avarias ou necessidades de manutenção serão substituídos ou reparados e o retorno deles a pista é uma decisão do Velopark.

  1. Das Trocas de Karts:

Sempre haverá o sorteio dos Karts.

A troca será permitida em qualquer momento da prova.

A troca de kart não é motivo para alterar a posição de largada do piloto nas provas Extraordinárias e TechSpeed.

Nas etapas regulares, recomenda-se não trocar de kart após formação do grid de largada. Nestas etapas e se havendo interesse do piloto em substituir o equipamento, DEVE largar dos boxes conforme ordem de ingresso e somente após a passagem do último piloto em pista.

  1. Das penalizações:

As penalizações de pista serão de responsabilidade do diretor de prova.

Advertência não significa penalização, apenas advertência. A reincidência da advertência passa a ser penalização, mesmo que ocorra em outra prova.

Incorre no risco de punição e até suspensão o piloto que ao final da prova não tiver retirado o lastro do seu kart. Caberá a forma, tipo e grau de advertência, punição ou suspensão ao Velopark e sua administração. A AKARS orientará no briefing de cada etapa sobre o assunto e se eximirá interferir nas decisões do Velopark.

Não serão admitidas atitudes antidesportivas de nenhuma natureza. De acordo com a gravidade da situação o piloto poderá receber penalizações de 5 (cinco), 10 (dez) e ou 15 (cinco) segundos, podendo inclusive ter a desclassificação direto da prova.

A penalização de suspensão aos pilotos para provas e ou períodos, neste ou em qualquer grupo cabe somente ao Velopark e é pré-requisito para participar nas etapas deste campeonato. Cabe ao Velopark o direito de vetar a participação do piloto na etapa em que estiver suspenso pela organização do Parque.

Agressões verbais, gestos ofensivos e sinalizações ostensivas, tanto em pista para outro piloto, quanto para os fiscais, comissários ou qualquer pessoa envolvida no evento, podem ser considerados advertência.

Não haverá interferência dos Administradores da AKARS nas penas impostas aos pilotos pela Administração do Velopark.

  1. Da premiação:

O vencedor do campeonato, por categoria, será conhecido pelo maior número de pontos conquistados em pista e pelos bônus concedidos pela frequência em todas as etapas na qual tenha participado, já descontado o pior resultado. Esse mesmo método será estendido aos demais pilotos para aferição e conhecimento das posições conquistadas no final do campeonato.

Será distribuído um troféu para os cinco primeiros colocados de cada categoria, com a seguinte configuração: CAMPEÃO, VICE-CAMPEÃO, 3º LUGAR, 4º LUGAR e 5º LUGAR.

  1. Dos casos omissos:

Qualquer ocorrência que não esteja prevista neste regulamento será avaliada e julgada por uma comissão formada pela Organização da AKARS em conjunto com a equipe do Velopark, sendo esta decisão considerada final e indiscutível.

O piloto ao se inscrever atesta estar ciente que concorda com as regras e procedimentos definidos nos termos deste regulamento.